Como começar a empreender sem ter dinheiro (dicas) - Parte I

March 15, 2019

Opa, e ai, tudo bom? Luíla Damiana aqui e nesta primeira lição da nossa sequência de lições sobre empreendedorismo e vendas, vou te mostrar como começar a empreender sem ter dinheiro.

 

E o melhor de tudo, você pode usar as dicas que vou te mostrar aqui em qualquer modelo de negócio que você queira começar.

 

Se você está confiante de que tem um produto /serviço que as pessoas querem, não permita que o fato de não ter dinheiro te impeça de começar o seu negócio. E, para te ajudar nisso, trouxe aqui X dicas para começar a empreender sem ter dinheiro.

 

 

 

 

 

 

 

 

1. Pivote. Use serviços para gerar caixa para começar o seu negócio

 

 

Em uma pesquisa informal que tenho feito (tipo, anotando mesmo o que as pessoas falam) nas minhas redes sociais e Lista VIP, 9 entre 10 pessoas que querem começar um negócio.

 

Encontre algo que você saiba fazer e as pessoas precisam que alguém faça para elas e oferte este serviço para conseguir o dinheiro que precisa para começar o negócio que quer ter.

 

Tenha em mente que você não vai fazer isso para sempre, é um meio para conseguir criar o seu negócio. E, com isso, você já vai ter uma experiência com um negócio próprio.

 

 

2. Trabalhe duro. Nada substitui o suor no rosto.

 

Você já deve ter ouvido que o olho do dono que engorda o gado. E, uma hora ou outra, você vai perceber que algumas vezes, você precisa colocar verdadeiramente a mão na massa e fazer as coisas acontecerem.

 

Especialmente nos primeiros 2 a 5 anos de um negócio, você pode precisar fazer de tudo para que o seu negócio dê certo. Desde abrir a loja (se você tem ou vai ter um ponto físico) até descobrir como impulsionar as vendas.

 

É por isso que Robert Kiyosaki fala em seu livro Pai rico, Pai pobre que você só é dono de um negócio quando tem na estrutura dele uma equipe a partir de 200 pessoas. Até lá, o Robert considera que você é um autônomo. E, segundo as pesquisas dele, um autônomo trabalha de 10 a 14 h por dia!!!

 

Então, tenha em mente que a responsabilidade de tudo no seu negócio é sua. Então, se precisar, você vai ter sim que fazer isso você mesmo.

 

Os primeiros vídeos que fiz aqui na internet, eu usava um celular muito ruim para gravar e editava nele mesmo através de um aplicativo. Hoje, além de ter um equipamento quase todo profissional, tenho uma pessoa que faz a edição dos vídeos em um editor de verdade.

 

Entenda de uma vez por todas, para começar a empreender sem ter dinheiro, você precisa estar disposto a fazer coisas que nunca fez, a aprender novas habilidades e a se dedicar profundamente.

 

 

3. Seja criativo. Encontre soluções e opções em todos os lugares

 

 

Ouvimos falar muito dentro do mundo do empreendedorismo que para ter um negócio de sucesso é preciso se agarrar a uma ideia e continuar com ela até dar certo. Mas tempos obscuros pedem por medidas extremas.

 

Se você está tendo problemas para começar a empreender sem ter dinheiro, existem vários caminhos criativos como, por exemplo:

 

 

Use o que você já tem de formas diferentes

 

É muito comum um negócio que está começando ter problemas de fluxo de caixa. Especialmente quando não há um planejamento financeiro detalhado, os custos podem ser maiores do que as entradas de dinheiro

 

Para driblar a falta de dinheiro, você pode buscar usar o que já tem na empresa ao invés de comprar algo novo ou contratar mais alguém para a equipe. A melhor forma de conseguir descobrir como fazer isso é conversar com outras pessoas. Se você tiver mais alguém que trabalha com você, melhor ainda.

 

Outra forma de ver isso é usar, não só os recursos físicos que o time já estão no seu orçamento, mas também criar novas soluções (produtos/serviços, dependendo do seu modelo de negócio) para os clientes que você já tem.

 

 

Faça um empréstimo

 

É muito comum para negócios em qualquer fase recorrer a um empréstimo. Por isso, toda vez que ouço uma pessoa dizer que não começa ou não expande o seu negócio porque não tem dinheiro, lembro do que eu via todos os dias nas empresas que trabalhei no início da minha carreira.

 

O último estágio que fiz na época da faculdade foi em uma rede de supermercados. Como trabalhava no setor fiscal, uma das minhas responsabilidades era registrar quais contas precisavam ser pagas pelo financeiro.

 

Era muito comum me deparar com boletos de financiamentos e empréstimos não só para a nova unidade que estava para ser inaugurada, mas para a expansão e manutenção das que já existiam. O próprio computador que eu usava aparentemente havia sido financiado.

 

Com isso, entendi que para crescer é preciso estar disposto a correr riscos. E, quando maior for a sua habilidade de planejamento e seu comprometimento em fazer o que precisa ser feito, menor vai ser o risco de dar errado.

 

 

Use uma incubadora

 

Se você acredita que tem uma ideia sólida e um plano de negócio que realmente funciona, você talvez queira considerar aplicar o seu projeto em um processo de seleção de uma incubadora.

 

Caso sua ideia de negócio seja aceita, estes programas fornecem recursos, muitas das vezes financeiros, para viabilizar um um negócio que está começando.

 

Em alguns casos, oferecem inclusive uma estrutura física, como um escritório ou espaços compartilhados de trabalho, conhecidos como co-working, para que você possa trabalhar.

 

A maior parte dos programas de incubadoras são financiados por organizações dedicadas a incentivar e fomentar o desenvolvimento econômico. Outras são parte de instituições de ensino.

 

Encontre uma aceleradora

 

Muito parecida com a incubadora, uma aceleradora também tem o objetivo de viabilizar negócios que estão começando. Porém, a aceleradora tem uma expectativa mais rápida de retorno do investimento feito. Se você já está no ponto de começar a atuar no mercado, esta pode ser uma excelente opção.

 

Crownfund

 

Crownfund é um modelo de plataforma que está mudando completamente a relação de negócios iniciantes com o capital. Basicamente, você cria uma vaquinha online, onde oferece recompensas para as pessoas contribuírem com a realização do seu projeto.

 

Na próxima lição, vamos ver mais dicas para começar a empreender sem ter dinheiro, agora entrando em ação efetivamente. Te vejo lá!

 

 

 

 

Ah, e você caiu de paraquedas aqui e ainda não faz parte da nossa lista VIP? Receba essas lições e outros materiais gratuitos sobre como empreender, plano de negócio e mais sobre empreendedorismo e vendas acessando aqui.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

A verdade revelada: Como começar a empreender sem ter dinheiro [presente no final]

February 10, 2019

1/2
Please reload

Posts Recentes